Cadastre seu Nome e E-mail e receba nossas novidades!
Noticías
No Dia do Trabalho, nossa exaltação ao comerciário
Carlos Dionísio de Morais

Neste dia 1º de Maio - Dia do Trabalho, congratulamo-nos com todos os companheiros comerciários de nossa cidade e região, que com sua atuação impulsionam a economia e o desenvolvimento de nosso país.

Sem a indústria, os produtos deixam de ser fabricados. Mas sem o comércio e os comerciários, não adianta a indústria produzir, pois os mesmos não serão vendidos. E sem vendas, há a estagnação econômica, a recessão, o desemprego. Veja como os comerciários são importantes em toda essa engrenagem social.

Assim, neste 1º de Maio - Dia do Trabalho e do Trabalhador - homenageamos esta laboriosa categoria, desejando-lhe muito sucesso e a promessa de continuarmos a luta incansável na busca de melhores condições de vida e de trabalho para todos os comerciários de Taubaté e de toda a nossa base territorial, formada por Pindamonhangaba, Campos do Jordão, Ubatuba, Tremembé, Santo Antônio do Pinhal, São Bento do Sapucaí, Redenção da Serra, Natividade da Serra e São Luiz do Paraitinga.

O comerciário é a mola mestra do progresso. Nada substitui seu desempenho e eficiência, graças ao seu contato direto com o consumidor. Sua arma principal é a comunicação, que nenhuma tecnologia, por mais moderna que seja, substitui. O sucesso das vendas do comércio deve-se, portanto, aos comerciários ou comerciárias.

A profissão comerciária, para nosso orgulho, remonta aos primórdios da história, na época dos sumérios, que viveram entre os anos 5.000 e 2.400 antes de Cristo. Foi ali que o embrião da nossa profissão começou a se manifestar, substituindo a barganha, iniciando-se o uso de moedas metálicas. E a partir de então as transações foram evoluindo, até surgirem os fenícios, considerados os maiores comerciantes da antiguidade, que deram ao comércio uma nova dimensão.

Modernamente, com os Shopping Centers, os hipermercados, as grandes redes de lojas, o comércio se desenvolveu e, juntamente com a área de serviços, nós comerciários somos hoje a maior categoria profissional do Brasil.

Mesmo assim, até hoje a profissão de comerciário não é reconhecida. Esta tem sido uma de nossas principais lutas e estamos próximos da vitória. Projeto neste sentido tramita no Congresso Nacional (Câmara e Senado) e está muito perto de ser votado e aprovado, pois há consenso entre as principais lideranças partidárias. Outra luta à qual estamos empenhados é pela redução da jornada de trabalho, de 44h para 40h horas semanais, sem redução salarial. Com satisfação também podemos nesta oportunidade vir a público e informar sobre nossa grande conquista nos últimos anos, aumento real – ou seja, acima da inflação – para todos os empregados no comércio.

Para a conquista de tantos benefícios a nível nacional, contamos com o apoio da categoria, a união de todas as nossas entidades sindicais e a liderança firme, segura e eficaz do presidente de nossa Federação, companheiro Luiz Carlos Motta, sem dúvida a maior revelação sindical dos últimos anos.

Enfim, esta tem sido nossa luta em prol da valorização da categoria comerciária, à qual cumprimentamos efusivamente neste Dia 1º de Maio. Parabéns comerciários e comerciárias, bem como a todos os trabalhadores brasileiros.

Carlos Dionísio de Morais é presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio de Taubaté e região, diretor da Federação dos Empregados no Comércio do Estado de São Paulo, advogado trabalhista, Juiz Classista aposentado e Comendador pela Câmara Municipal de Taubaté.

 

 

MENSAGEM DO PRESIDENTE MOTTA SOBRE O 1º DE MAIO

Unidade comerciária valoriza o 1º. de Maio

A Diretoria da Federação dos Empregados no Comércio do Estado de São Paulo expressa suas congratulações aos comerciários e aos práticos de farmácia, extensivas aos demais trabalhadores, de reafirmação de suas bandeiras.

O 1º DE MAIO se configura como uma data para comemorarmos as conquistas
alcançadas pelo movimento sindical, mas também como um momento de reflexão e de encaminhamentos das nossas reivindicações.

Por isso, neste 1º DE MAIO, a FECOMERCIÁRIOS reforça aos seus filiados, representantes de cerca de dois milhões de comerciários em todo o Estado, seu posicionamento pelo desenvolvimento do Brasil com menos juros, mas salários e emprego, como brada o 1º DE MAIO UNIFICADO das Centrais Sindicais, no nosso caso, liderado pela Força Sindical.

E, junto às lutas específicas da nossa categoria, entre outras questões fundamentais, no ensejo do 1º DE MAIO clamamos pela REGULAMENTAÇÃO PROFISSIONAL DA NOSSA CATEGORIA, JÁ. Com ela os comerciários deixariam para, entre outras vantagens sindicais e trabalhistas, passarem a contar com o registro de COMERCIÁRIO na Carteira Profissional.

Devido à pressão e à ação efetiva do movimento sindical comerciário passou pelo Senado Federal e agora será avaliada pelos deputados federais. Estamos lá, em Brasília, acompanhando de perto sua tramitação.

NOSSA UNIÃO NOS FAZ FORTES! SINDICALIZE-SE! FELIZ 1º DE MAIO!

Luiz Carlos Motta
Presidente