Cadastre seu Nome e E-mail e receba nossas novidades!
Histórico Sindicato
Sindicato dos Empregados no Comércio de Taubaté: 67 Anos de História

O Sindicato dos Empregados no Comércio de Taubaté foi fundado no dia 22 de dezembro de 1946. Faltavam poucos dias para o Natal de 1946, ano em que o nosso País ganhava uma nova Constituição Federal e o mundo todo ainda sentia os reflexos da recém-encerrada 2ª Guerra Mundial. Tinha sido um ano difícil para o sindicalismo brasileiro. O então presidente Eurico Gaspar Dutra suprimira o direito de greve, garantido em lei, objetivando com isso continuar com os salários congelados.

Em Taubaté germinava em um grupo de funcionários do antigo depósito de material de construção do Sr. Moacyr Freire o ideal de criação de um Sindicato de Empregados no Comércio. O sonho foi frutificando-se, fortalecendo-se. Até que finalmente, em uma casa emprestada, localizada na Rua XV de novembro, o grupo reuniu-se para a fundação da entidade. Era um grupo modesto, com apenas quatro pessoas, quatro idealistas, aos quais rendemos um pleito de respeito e gratidão: Sebastião Moura, Teodoro José Lucci, Hugo Nepomuceno, Casemiro Alves dos Santos.

Foi escolhido como primeiro presidente da entidade (comissão de constituição e instalação) o comerciário Sebastião Moura. Teodoro José Lucci, um dos fundadores, também chegaria a ocupar a presidência da entidade. Antes de ser oficialmente Sindicato, a entidade existiu com a figura jurídica de Associação Profissional dos Empregados no Comércio, para cumprimento da lei. Essa a composição de sua primeira diretoria: presidente - Claro Rodrigues Ferreira, 1º secretário - José Boanerges Moreira, 2º secretário - Sílvio Cortes Claro, 1º tesoureiro - Acerdi Lotufo Garcês, 2º tesoureiro - Vítor Francisco Bassil, Conselho Fiscal - Antonio de Pádua, José Benedito Abud e Sebastião Chaves da Costa.

O presidente da Federação dos Empregados no Comércio do Estado de São Paulo (Fecomerciários) à época, Angelo Parmigiani, esteve presente à cerimônia de instalação do Sindicato, que deu-se no dia 29 de outubro de 1949. Na oportunidade foi homenageado o Sr. Paulo Sampaio Santos, então o comerciário mais antigo de Taubaté. O comércio de Taubaté remonta, de forma mais organizada e estruturada, ao início do século passado. Estabelecimentos comerciais pioneiros de nossa cidade: Casa Cabral, Casa Camilher, Casa Coelho, A Favorita, Casa Paiva, Casa Florençano, O Trocadero, Casa Valente, Casa Ribas, Casa Mansur. De uma fase intermediária constam: Casa Manara, Casa Fonque, A Peralta, Casa Silva, Farmácia Central, Empório do Norte, armazém Philadelpho.

Claro Rodrigues Ferreira. Primeiro Presidente

Rafael Braga teve seu comércio onde posteriormente seria a Casa Mansur. Ele foi um dos precursores locais de lojas de tecido. Já Manoel Silva, do Trocadero, viajava pelo sertão, sempre acompanhado de seu ajudante, Fabretti, levando mercadorias no lombo de burros. A extinta Farmácia Leonardo foi a pioneira da cidade, tendo sido fundada há mais de 150 anos. A Casa Camilher foi fundada em 1875, por Antonio dos Santos Camilher. Outros comerciantes antigos de Taubaté: Francisco Juliano, Braz Salvador Curtu, Benedito Moreira de Andrade, Gigli & Simi, irmãos Rechdan, irmãos Abirached, Bernardo Ambrogi, que foi pioneiro no comércio da rua Dr. Winther; Rosalbino Santoro, os Torquios, Abel Ravani, Joaquim Loureiro, Joaquim de Oliveira, Antônia Pereira (primeira mulher a se destacar no comércio taubateano), Ricardo Simi (que foi um dos baluartes do E. C. Taubaté e teve quatro filhos ligados ao clube, como Luís Simi, campeão do interior de 1919).

Mais lojistas antigos de nossa cidade: Joaquim Augusto Cabral (Casa Cabral), Joaquim Monteiro (Casa Coelho), Antenor Leite, Adolfo Moreira Guedes, Nicolau Florençano, Manuel Silva, José Domingues Ribas, Francisco de Barros, Domingues Cifani Giagóla, Anibal Patto (gerente das Casas Pernambucanas quando de sua instalação em Taubaté). Destaca-se ainda a notável figura de Félix Guisard, pioneiro da indústria taubateana, ao fundar nossa primeira fábrica, a extinta CTI - Cia Taubaté Industrial. Ele também inspirou a fundação da Associação Comercial de Taubaté, em 4 de março de 1899. Félix Guisard foi, portanto, o pioneiro do comércio taubateano.